Garoto tomou soro depois de três horas da picada

Diretor do Hospital da Barra diz que desde 2013 governo não disponibiliza soro para a entidade local

Por Carla Parezan 15/04/2018 - 14:38 hs
Foto: Reprodução/Facebook
Garoto tomou soro depois de três horas da picada
Garoto de 6 anos morreu depois de ser picado por escorpião

O garoto de 6 anos do Jardim Nova Barra, de Barra Bonita, que morreu na tarde de ontem (sábado, 14) após ser picado por um escorpião, só tomou o soro contra a picada três horas depois de ter sido picado. Ele brincava no quintal da sua casa, por volta das 14h, quando o pai percebeu o ferimento no pé do filho e encontrou o escorpião por ali.

O menino foi levado ao Hospital e Maternidade São José, mas como não havia soro no local ele foi transferido para a Santa Casa de Jaú. Ele tomou o medicamento, mas não resistiu e morreu no fim da tarde.

José Luiz Minuti, diretor administrativo do São José, informou que desde 2013 a DRS (Diretoria Regional de Saúde) definiu dois hospitais na região como referência para ter esse soro: a Santa Casa de Jaú e a de Dois Córregos. “Vamos abrir um procedimento administrativo para investigarmos o que aconteceu”, disse ele. 

A prefeitura

A Prefeitura de Barra Bonita se posicionou em relação ao caso através de nota. “A administração realiza campanhas de limpeza de bairros constantes e há algumas semanas o local recebeu a visita de equipes de limpeza. O pessoal trabalhou no bairro nos dias 11, 12 e 13 de abril. Venenos contra escorpiões estão sendo adquiridos para serem aplicados em áreas de risco. O cemitério, por exemplo, foi dedetizado há cerca de um mês”, disse a nota.

No velório do garoto muitas pessoas reclamaram da infestação de escorpiões na cidade, em especial no Jardim Nova Barra.

Informações do portal G1/Bauru